MITOS ISLÂMICOS

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Evangélico invade delegacia policial gritando "Sola Scriptura!" e esfaqueia policial católico


Na verdade foi um maometano que invadiu uma esquadra policial, gritando "Alá é o maior!" (Allah akbar).

Por volta das 11:50 do dia 7 de Maio um homem invadiu uma delegacia policial localizada em Roussillon. Segundo as testemunhas presentes no local do drama, o homem entrou nas instalações gritando "Alá é o maior" antes de atacar um oficial da polícia que se encontrava na recepção, ferindo-o na zona do pescoço com uma faca. 

Outro polícia que se encontrava por perto disparou a sua arma, ferindo o atacante na coxa. No entanto, uma das balas fez ricochete e feriu o polícia na sua  perna.

As mazelas que se encontram nos três vão de ligeiras até sérias e todos eles foram transferidos para os hospitais da região.

Os oficiais não sabem ainda o que motivou este homem a invadir a delegacia desta forma mas as suas opiniões variam de 1) acto dum extremista islâmico ou 2) loucura. Actualmente, os investigadores encontram-se entretidos a investigar a personalidade do atacante.

* * * * * * *
Sempre que um maometano leva a cabo um acto de jihad (claramente com motivações religiosas), os politicamente correctos oficias ocidentais coçam as suas cabeças de modo ostensivo e tentam saber, admirados, o que motivou o ataque (colocando até a possibildade do atacante estar louco). A explicação mais óbvia é demasiado terrível para eles contemplarem.

Uma testemunha afirma ter ouvido o homem dizer algumas coisas em árabe, para além de terem sido encontradas no seu quarto revistas com a frase "A vitória está próxima" escritas nelas. Para esclarecer ainda mais as motivações do homem, ficou-se a saber que ele havia feito recentemente uma peregrinação a Meca. 

video

2 comentários:

  1. Não entendi o título inconsistente com a matéria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma ironia do autor. Pois a Europa e o ocidente em geral vive uma "critofobia", onde sempre se ataca valores e simbolos cristãos inofensivos e benéficos. Usa-se argumentos toscos contra cristãos (e somente contra eles) apontando-os como os "grandes vilões do mundo". A imprensa esbraveja a não concordancia (pacifica e de cunho filosico) dos cristaos com casamento gay, por exemplo, tachando-os de fundamentalistas malucos, enquanto não menciona a REAL violencia que muçulmanos fazem com gays, tanto em bairros muçulmanos ("gay free zones") quanto em paises islamicos (morte por decapitação).

      Enquanto que os reais problemas causados por muçulmanos são ignorados ou relativizados pela imprensa e governantes esquerdistas. Num outro post, muçulmanos decapitaram um soldado gritanto "Allah é grande", mas a reportagem faz questão de não mencionar em nenhum momento que eram muçulmanos para, segundo eles, "não generalizar ou causar preconceitos".

      A ironia é clara, você nunca vai ler uma reportagem com problemas sérios criados por cristãos, hindus ou budistas mas as reportagens sérias por problemas criados por muçulmanos são "editadas" de modo a não fazer essa vinculação óbvia entre esse sistema politico-social-totalitario-travestido de religiao chamado islam e comportamentos violentos.

      Eliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ShareThis