MITOS ISLÂMICOS

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

A tirolesa ofensiva

Homem Austríaco foi multado por cantar a tirolesa enquanto cortava a relva da sua casa uma vez que isso "ofendeu" os seus vizinhos maometanos. Helmut Griese, de 63 anos, foi considerado culpado por "ridicularizar" as crenças religiosas dos maometanos, e condenado a pagar quase £700 por parte dum tribunal de Graz. Como forma de evitar um processo judicial prolongado, com todos os custos legais inerentes, o senhor Griese concordou em pagar.

O tribunal ficou a saber como a família maometana considerou o senhor Griese como um "velho resmungão" cujo cantar Alpino público alegadamente tinha como propósito ridicularizar a sua religião. O homem reformado foi acusado de tentar "gozar e imitar" o chamamento do Muezzin, que chama os fiéis maometanos para a mesquita. Os maometanos alegaram que ele dava início ao seu cantar no preciso momento em que eles se ajoelhavam para as suas rezas.

No entanto, o senhor Griese disso ao jornal Austríaco Kornen que "não era a minha intenção imitar ou insultá-los. Eu simplesmente cantava algumas músicas tirolesas porque estava bem disposto." O tribunal ouviu como as coisas aqueceram na parte final do Verão quando o senhor Griese estava a cortar a relva do seu quintal e a cantar a tirolesa ao mesmo tempo que a família maometana rezava. A polícia foi chamada e ele foi intimidado.

O senhor Griese foi acusado de "menosprezo de símbolos religiosos" - uma ofensa que é normalmente usada para acusar neo-nazis que atacam sepulturas judaicas - e de dificultar uma práctica religiosa.

Fonte da notícia: http://bit.ly/1te9GlQ

* * * * * * *
Mais uma vez se torna claro que os interesses da elite que governa a Europa não estão de acordo com os interesses da maioria dos Europeus. Numa situação normal, não seria o estrangeiro a ver as suas "crenças religiosas" respeitadas e o nativo ofendido, mas exactamente o contrário.

Ainda existem pessoas que se admiram com a ascenção dos partidos nacionalistas na Europa, mas depois de se lerem notícias como esta, esta ascenção é mais do que previsível. Se um nativo se sente como um renegado no seu próprio pais, ao mesmo tempo que vê estrangeiros a serem protegidos pelo mesmo governo que deveria colocar os interesses dos nativos em primeiro lugar, é mais do que óbvio que a semântica dos partidos nacionalistas ganhará mais força.

A paciência dos nativos Europeus invariavelmente atingirá o ponto de rotura e por essa altura uma guerra civil ocorrerá por toda a Europa.  O que os nativos Europeus podem ficar a saber desde já é que em caso de guerra civil, a elite Europeia estará do lado dos colonizadores maometanos.

video

1 comentário:

  1. Absurda a condenação do homem. Diga-se de passagem, quando um muçulmano ou algum "artista" aleatório fazem sátiras ao Cristianismo e ao Judaísmo não se vê qualquer esforço das autoridades em promover uma censura e exigir o devido respeito. Em especial o Judaísmo, que já é alvo de ataques diretos aos quais se tenta imputar uma suposta legitimidade através da alegação de "anti-Sionismo" com o pretexto de defender o totalitarismo das milícias palestinianas. Se os cristãos não reagirem enquanto há tempo, o anti-Cristianismo islâmico apenas ficará mais violento.

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ShareThis